Planos inesperados

Os blogues podem incluir conteúdos sensíveis ou desencadeadores. Aconselha-se a discrição do leitor.

Se me tivessem perguntado ontem o que é que o dia de hoje ia reservar para o nosso sistema, talvez tivéssemos respondido "dormir".

Poderíamos ter respondido "Aulas de línguas"

Poderíamos até ter respondido "Tears of the Kingdom" ou "Stardew Valley", se a nossa mente estivesse nos videojogos.

De certeza que NÃO teríamos respondido "vamos fazer uma massagem com uma das nossas irmãs"

Mas ontem à noite recebemos uma mensagem de texto dela a dizer que tinha marcado uma sessão dupla de massagens para ela e para um dos filhos, mas que o filho não queria a massagem (o miúdo tinha uma boa justificação para não querer que um estranho lhe tocasse, em geral, e com a sua disforia)

Mas a Sister-Unit já tinha reservado a sessão e ainda queria uma para ela, por isso ofereceu-nos a outra

No início, não sabíamos como responder, por isso dissemos-lhe que teríamos de verificar o nosso calendário quando chegássemos a casa do trabalho

Quando chegámos a casa, fizemos algumas leituras de tarot, na esperança de perceber se isto ia ou não causar um caos no nosso estado mental, quer devido a disforia, quer devido a traumas passados que vinham à tona, ou por qualquer outra razão.

Recebemos repetidamente a resposta de que isto NÃO iria causar um caos total e que até poderia ter um efeito positivo.

Parte deste efeito positivo, suspeito, é algo que já estamos a experimentar. Temos planos e saímos de casa.

O sistema de parceria funciona hoje, por isso, de outra forma, íamos ficar sozinhos em casa o dia todo... e apesar de, muitas vezes, ser a única coisa para que temos energia, sair de casa por outras razões que não o nosso trabalho é geralmente bom para a nossa saúde mental

O único problema que temos é que... não há sítio para onde ir na cidade durante um longo período de tempo sem gastar dinheiro (que não temos de sobra)

Claro, há cafés onde se pode gastar pouco dinheiro e ficar durante algum tempo. Mas, a partir de uma certa altura, o nosso sistema começa a ficar ansioso por ficarmos "demasiado tempo".

No entanto, o nosso sistema tem uma série de cartões perfurados de uma das lojas locais que estão cheios (quando se enche um cartão perfurado, ganha-se uma bebida grátis. A nossa Mãe-Unidade está sempre a ir lá com o Pai-Unidade e o nosso irmão mais novo, e depois descarrega os cartões cheios para mim e para mais alguns membros da nossa família)

Por isso, sem gastar muito (certificamo-nos de que podemos dar gorjeta, na mesma), sentimos ocasionalmente que podemos passar algum tempo na loja. Se tivermos dinheiro para comprar comida, vamos sentir-nos mais confortáveis... mas normalmente conseguimos convencer-nos de que podemos ficar 30 a 60 minutos, especialmente se estivermos a trabalhar em alguma coisa (neste momento, estamos a testar como é que funciona blogar no telemóvel com auscultadores, a ouvir Spotify...)

Pergunto-me se o nosso sistema poderia reservar uma parte do nosso "orçamento de diversão" todos os meses para ir a um café e escrever/desenhar/blogar/etc durante algumas horas todas as semanas... Sei que costumávamos fazer isso e conseguíamos fazer MUITO nesses períodos.

Também acho genuinamente que melhoraria a nossa saúde mental. Poder estar fora de casa, não no nosso trabalho, e trabalhar nas coisas que QUEREMOS que sejam o nosso trabalho (por exemplo... trabalhar no nosso jogo rpgmaker, nos vários aspectos que precisam de ser feitos)

Sei que o nosso sistema funciona melhor se tivermos um sítio fixo onde trabalhar. Por isso, ir a um café com o nosso computador seria uma boa ideia.

A única coisa em que não poderíamos trabalhar com o nosso jogo aqui seriam algumas das coisas de áudio. (Não podemos propriamente gravar instrumentos musicais ou a nossa voz...) E talvez tenhamos de ser mais cuidadosos com alguma da arte. Mas também podíamos escolher melhor os lugares, para esconder a arte menos familiar.

Mas sim.

Estamos neste momento neste café, a desfrutar de um nevoeiro rosa de Londres. Estamos a tentar relaxar e organizar os nossos pensamentos antes da nova e estranha experiência de receber uma massagem que está para breve. (Também nos estamos a preparar para um estacionamento mais intenso na baixa. O café tem os seus próprios lugares de estacionamento, e um parque público mesmo ao lado... mas este sítio onde vamos receber a massagem é muito mais complicado para estacionar. Especialmente porque a cidade começa a acordar e toda a gente quer estar na baixa ao meio-dia de um sábado.

E os meus pensamentos são provavelmente tendenciosos.

Era eu que nos levava ao café todas as semanas para escrevermos fanfic, os nossos livros e, de um modo geral, sermos mais criativos de uma forma que não somos em casa.

Por isso, se calhar, só quero as visitas semanais ao café para mim... Sinceramente, não sei dizer. Sinto que seria bom para mais do que apenas para mim, mas sou a única pessoa que atualmente tem isto em mente.

É melhor acabar isto e ir à casa de banho antes de ir tratar da questão do estacionamento.

Foda-se. Esqueci-me que as casas de banho deste sítio eram o centro do flashback... vai ser divertido. Mas talvez se começarmos a vir cá mais vezes, elas voltem a ser melhores... Esperemos?

-Katie (ela/eles)

1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais votados
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
O sistema de fissuras estelares
2 meses atrás

É muito bom poder ler sobre como foi o vosso dia, sinceramente. Gostamos muito de todos vós.

Saltar para o conteúdo